quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Antes disto tudo

Temos uma vida normal. A nossa. Organizada. E de repente olhamos para uma traquitana com duas janelinhas. E é numa dessas janelinhas que está o resto da nossa vida. Olhamos para aquilo e, instantânea e inexplicavelmente, tudo muda. Nós mudamos. Levamos a mão à barriga e pensamos que está tudo ali. O centro do nosso mundo. Uma missão qualquer. Aquilo que nos vai redimir, perpetuar e colocar de vez no mundo.

Ou não é nada disto e temos só mais um enjoo avassalador que nos faz maldizer a hora em que um orgasmo tomou conta de nós. 

5 comentários: